Treinamento Psicológico: Faz diferença? | Sportplan Triatlhon

Treinamento Psicológico: Faz diferença?

(Sportplan ) - As últimas olimpíadas mostraram aos brasileiros que existe algo mais além de toda a preparação física, técnica e tática. É o treinamento psicológico que permite ao atleta superar ansiedade, nervosismo, pressão, variação de humor e pensamentos negativos. 

Comprometimento. O atleta que busca a excelência, além de um planejamento muito bem elaborado, ser talentoso e motivado, deve ter um sonho, muitas vezes acompanhado de uma visão da realização do seus objetivos. O comprometimento elimina distrações causados por aspectos culturais e sociais e fornece concentração e determinação durante a preparação, evitando erros. 

Focalização. Concentrar-se num determinado alvo, como um arqueiro, é muito importante nos esportes individuais porque o atleta visualiza sua performance. Técnicas de focalização permitem que o atleta supere preocupações, problemas e se concentre na tarefa, diminuindo ansiedade, gasto excessivo de energia, stress e distrações.

Auto-Avaliação. A análise de objetivos curto, médio e longo prazo e a avaliação dos resultados são parâmetros muito importantes na preparação do atleta. Pontos fortes e fracos são reformulados e estratégias de ação priorizadas para que o atleta alcance seus objetivos.

Controle. O controle das emoções é a habilidade de superar pensamentos negativos que provoquem quebra do equilíbrio psicológico do atleta. O atleta equilibrado evita ansiedade, raiva e erros através do direcionamento das emoções para uma atitude de sucesso. Relaxamento, focalização da correção, controle de humor e auto-encorajamento são alguns tópicos do auto-controle.

Fonte: In Pursuit of Excellence. Orlick T.